quem?

sou de porto alegre, nasci em 1982, meu pai e minha mãe estão vivos, meu irmão nasceu 3 anos e sete meses depois de mim e hoje só me resta uma avó. venero essas pessoas com devoção.

tenho uns 7 amigos que amo muito, e uns 20 que gosto de ter mais ou menos por perto. não vou falar os nomes porque da última vez que fiz isso deu merda.

amo meus tios e meus primos também. uns mais que os outros, naturalmente.

aos 17 anos, entrei no curso de jornalismo da ufrgs. no mesmo ano, fiz a oficina de criação literária do luiz antônio de assis brasil, na puc-rs, e meus textos fizeram parte de uma antologia lançada no ano seguinte. nessa época comecei a trabalhar no jornal Diário Gaúcho. não durou muito: pedi demissão declarando ao editor adjunto que meu trabalho era medíocre demais. oh, a juventude! nesses tempos também comecei a acompanhar alunos e professores estrangeiros a trabalhos de campo, como intérprete, e a traduzir coisas pra eles e outros clientes, trabalhos que acho os mais legais do mundo e quero fazer sempre que surge oportunidade. no meu currículo, há ainda frilas em revistas e jornais, tipo o Já, que até hoje não me pagou. passei um tempo escrevendo profissionalmente sobre música eletrônica e afins pro http://www.rraurl.com/ como uma espécie de correspondente em Porto Alegre. me divertia. em 2004, comecei a fazer letras, aí fui pra Paris em 2006, depois Londres, um ano de bar em bar atendendo no balcão. em Londres comecei a estudar linguistics and languages no Birkbeck College. voltei pro Brasil em 2008, retomei o curso de letras e agora abandonei de vez. i’m too cool for school. e tenho nojo das liturgias da vida em geral.

queria ser mais feliz, mas estou feliz de não ter aquela doença que faz a pessoa desmaiar quando ri.

queria ler mais do que leio, escrever ficção bonita, falar alemão, ir a festas de techno toda semana, fazer algum exercício físico, ser cantora de jazz, ter nascido ruiva, com uma capacidade infinita de comer sem engordar, de um pai ou mãe que tivesse herdado uma fortuna incalculável que me comprasse uma vida sem nenhuma preocupação e com passe livre para qualquer vôo internacional.

bom, eu queria também que pelas torneiras saísse champanhe (cerveja pros que não gostassem), que a vida tivesse trilha sonora, que todas as mulheres se vestissem como as personagens do Klimt e os homens como o próprio Klimt, que a gente viesse ao mundo com um plug neural, pra baixar aquelas coisas chatas na cabeça, tipo auto-escola, cálculo estequiométrico etc.

me chateio porque é muito raro eu querer alguma coisa possível. e sou bastante entediada também, como, de resto, os meus pares classe-média desses tempos.

gostaria, sim, gostaria de ver a paz mundial e o fim da miséria. e a igualdade e a justiça entre todos. gostaria, mas, como diz a lúcia carolina (www.eleganciaereserva.blogspot.com), é mentira que está entre as minhas prioridades.

me irrito com grosseria gratuita, com gente que não pára na faixa de segurança, com essas frescuras de restringir conteúdo numa rede social que serve pra ver e ser visto. e com bundamolices em geral, tipo contar calorias ostensivamente. ah, e não aceito que os animais sejam tão bons, importantes e sagrados quanto os seres humanos.

prego a relatividade linguística. e o raciocínio, de um modo geral. ou seja: a língua, a ortografia e a gramática são coisas arbitrárias, que não têm valor nenhum em si. defender e respeitar o português? gimme a break. saber seguir regras não é grande coisa comparado a ser inteligente e criativo. até porque, as regras mudam com o vento, vide reforma ortográfica recente.

coisas que eu sei fazer: espacato & estrelinha, massa ao molho de queijos, traduzir do inglês pro português, usar a retórica, escrever, ouvir os amigos e ajudar.

coisas que eu não sei fazer: falar ao telefone, falar da minha vida (haha, a não ser por escrito), me comprometer, dirigir, manter coisas organizadas, ter constância emocional, viajar sozinha.

sugestão de presente: caleidoscópios.

maria luíza sá e madureira
e-mails para mariamad arroba gmail ponto com

Anúncios

5 Respostas para “quem?

  1. cristiane conti

    você cada vez mais linda.

  2. pedrinho

    ela é demais.

  3. Jaci

    Você sabe fazer espacato?! e estrelinha?!
    UAU!!!

  4. Um grande “howdy” pra ti!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s